A PSP deteve 704 pessoas e registou uma diminuição de 15 por cento da criminalidade em relação a 2013 durante os 20 dias da operação «Festas Seguras 2014», indicou esta sexta-feira aquela força de segurança.

Em comunicado, a PSP refere que mais de 13.000 polícias estiveram envolvidos na operação «Festas Seguras 2014», que decorreu entre 13 de dezembro e 01 de janeiro.

Segundo a PSP, durante a operação foram detidas 704 pessoas, das quais 107 por mandados de detenção, 60 por tráfico de droga, 291 por condução com excesso de álcool, 91 por falta de habilitação legal para conduzir, 34 por desobediência e 39 por furto.

Nos 20 dias da operação, a Polícia de Segurança Pública registou um decréscimo de 15 por cento da criminalidade em relação a 2013.

A PSP destaca as diminuições de 16% dos furtos no interior de veículo, de 8% dos furtos por carteiristas e de 36% de furtos em residência sem arrombamento.

No âmbito das infrações de trânsito, a PSP registou 7.269 infrações relacionadas com álcool e excesso de velocidade, além de ter multado condutores por falta de seguro (116), falta de inspeção (397), falta de cinto de segurança (124), uso de telemóvel durante a condução (453) e 25 situações em que as crianças não estavam na cadeirinha correspondente.

A operação «Festas Seguras 2014», com maior visibilidade nos grandes centros urbanos, teve como objetivo garantir «mais vigilância nas áreas residenciais» e dar «especial atenção aos crimes» que geralmente ocorrem durante o Natal, nomeadamente carteiristas, furtos nos interiores de veículos e em residências, adianta a PSP.

Durante o período do Natal e Ano Novo, a Polícia vigiou ainda gratuitamente 389 residências, sem ter registado qualquer assalto.