Milhares assistem ao cortejo da Flor na Madeira

Carros alegóricos e figurantes percorreram as avenidas da marginal do Funchal

Por: tvi24 / PB    |   22 de Abril de 2012 às 20:36
Milhares de pessoas, entre turistas e madeirenses, assistiram este domingo à passagem do cortejo alegórico da «Festa da Flor». O desfile percorreu as avenidas da marginal da cidade do Funchal.

A Festa da Flor, um dos mais importantes cartazes turísticos da região, começou no dia 19 e termina a 25 de Abril. O programa da Festa está subordinado ao tema «Hino à Madeira em Flor».

A marginal da cidade do Funchal foi este domingo à tarde invadida pela beleza e cores das flores, 80% de produção regional. Pelas avenidas passaram 1.400 figurantes e nove carros alegóricos.

«Madeira guarda-joias da Europa» (Grupo João Egídio), «bonecas-flores da Madeira» (Escola de Samba Caneca Furada), «flores de encantar» (Associação de Animação Geringonça), «do mar à ilha das flores» (Fábrica de Sonhos), «memórias e tradições de mãos dadas com as flores» (Turma do Funil), «Madeira, the masterpiece» (Associação Fura Samba), «onze concelhos em cor» (Associação desportiva e Cultural e Recreativa Bairro da Argentina), «disco» (Chico & Companhia) e «gloriosa» (grupo Isabel Borges) foram os temas dos projetos que os nove grupos apresentaram aos residentes e visitantes.

Os carros, abundantemente decorados com várias espécies de flores, arrebataram palmas das pessoas que, alinhadas nos passeios, assistiram à passagem do cortejo.

O Governo Regional da Madeira investiu este ano 270 mil euros. «Em termos de investimento, a estimativa do custo final da Festa da Flor 2012 representa uma diminuição de 40 mil euros em comparação com o ano passado, menos 13 por cento», precisou a secretária regional da Cultura, Turismo e Transportes, Conceição Estudante, na conferência de imprensa da apresentação do programa.

A governante disse ainda que «a taxa de ocupação hoteleira média ronda os 87%».
PUB
Partilhar
FOTOGALERIA:
Milhares assistem ao cortejo da Flor na Madeira

Festa da Flor na Madeira (HOMEM GOUVEIA/LUSA) EM CIMA: Festa da Flor na Madeira (HOMEM GOUVEIA/LUSA)
COMENTÁRIOS

PUB
BES: «Não encostei uma pistola à cabeça de ninguém»

«Fala-se do buraco, do buraco, do buraco no meu mandato... Apresentem-me números». Ano e meio depois de sair, ex-presidente do BESA diz que a carteira de crédito cresceu ainda mais, com outros a liderar o banco. Quanto à garantia do Estado angolano, afirma que caiu por culpa do Banco de Portugal. Já sobre os créditos em si, assume a responsabilidade por tê-los pedido, mas quem autorizou foi o BES: «Não encostei uma pistola à cabeça de ninguém». Há alguma contradição nas suas explicações sobre onde é que, afinal, pára o dinheiro dos polémicos créditos que desapareceram