A compra de um apartamento por Fernando Medina, em 2016, está a ser investigado pelo Ministério Público. A informação foi confirmada pelo gabinete de imprensa da Procuradoria-Geral da República (PGR) à TVI24.

Segundo a mesma fonte, a compra de um apartamento nas Avenidas Novas foi "referida numa denúncia anónima recebida na Procuradoria-Geral da República em finais de agosto" e foi "remetida ao DIAP de Lisboa onde se encontra em investigação".

Em causa está um apartamento que era propriedade de uma das herdeiras do grupo Teixeira Duarte e que Fernando Medina adquiriu, em 2016, por 645 mil euros. 

Uma rápida pesquisa online mostra que o valor do T4 duplex que o autarca de Lisboa comprou é inferior ao preço de mercado, uma vez que apartamentos do género nas Avenidas Novas são vendidos por mais de um milhão de euros.

Segundo o jornal Público, quando a antiga proprietária adquiriu o imóvel pagou, em 2006, 843 mil euros. Mais 198 mil euros do que pagou Medina passado 10 anos. 

No entanto, o autarca afirmou aquele jornal que o preço que pagou está muito acima dos preços de mercado e que quando o apartamento foi colocado à venda, através de uma agência, o valor pedido era de 643 mil euros, tendo oferecido mais 10 mil euros para fazer face a outros interessados.