Dois bombeiros ficaram feridos "sem gravidade" nas operações de combate a um incêndio que deflagrou no exterior de uma fábrica de pneus em Urrô, Penafiel, confirmou à Lusa o comandante operacional.

Segundo Júlio Pereira, dos bombeiros de Felgueiras, a situação "mais preocupante" ocorreu com um bombeiro da corporação de Paço de Sousa, Penafiel, que sofreu "aparentemente uma fratura num membro inferior".

O segundo ferido sofreu "escoriações ligeiras".

Os dois bombeiros foram encaminhados para o Hospital Padre Américo, em Penafiel.

O alarme para o fogo foi dado pouco depois das 10:00, tendo sido mobilizados 56 bombeiros e 21 viaturas, de várias corporações da região, nomeadamente Paço de Sousa, Baltar, Paredes, Cete, Penafiel e Felgueiras.

Às 12:15, o incêndio encontrava-se em fase de rescaldo, segundo informação dos meios operacionais no local.

De acordo com o comandante Júlio Pereira, as chamas consumiram uma grande quantidade de resíduos de pneus colocados no exterior da unidade de produção, que não foi afetada.

À Lusa, aquele operacional sublinhou a dificuldade do combate ao incêndio por se tratar de matéria muito inflamável, sobretudo borracha.