Dois alpinistas foram resgatados na madrugada desta segunda-feira na Serra da Estrela, um deles com uma fractura na perna, disse fonte da GNR, citada pela Lusa.

Os dois alpinistas estavam a praticar escalada no Cântaro Magro, um dos rochedos mais altos e só acessível através de encostas praticamente verticais, de onde já não chegaram a descer.

Foram resgatados por numa operação que começou ainda durante o dia e só seria dada por terminada às 05:00, com recurso a um helicóptero da protecção civil, segundo Hélder Almeida, comandante distrital da GNR de Castelo Branco.

«Foi dado o alerta por uma corporação de bombeiros. Foi necessário localizá-los, chegar até eles e depois instalar todo o equipamento para deslocação de homens e resgate em rapel», explicou Hélder Almeida.

«A visibilidade era nula, o acesso vertical e havia gelo, mas ambos os alpinistas foram retirados do local com segurança», sublinhou.

Dois grupos de montanha desceram os alpinistas para a base do Cântaro Magro, «de onde foram retirados num helicóptero da protecção civil», concluiu.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda, o alpinista ferido foi transportado para o Hospital de S. Teotónio, em Viseu.