A Procuradoria-Geral da República está a analisar uma eventual violação de segredo de Justiça que envolve o antigo Presidente da República Aníbal Cavaco Silva.

O Diário de Notícias avança que, em causa, está uma passagem do livro de Fernando Lima, ex-assessor de imprensa de Cavaco Silva.

No livro, Fernando Lima sinaliza que o antigo chefe de Estado tinha conhecimento de matéria presente no processo Face Oculta.

Diz que Cavaco Silva terá sido informado por um magistrado de que o seu genro constava das escutas do caso.

Agora, o gabinete da Procuradora-Geral da República garante que a matéria em questão está a ser objeto de análise e que o Ministério Público não deixará de tomar as providências necessárias no âmbito das suas competências.

O livro "Na Sombra da Presidência”, de Fernando Lima, chegou às bancas a 8 de setembro e desvenda as memórias do autor, depois de dez anos passados no Palácio de Belém como assessor e adjunto de Cavaco Silva.