A PSP anunciou que deteve esta sexta-feira de madrugada em Lisboa dois homens, com 21 e 31 anos, suspeitos de terem esfaqueado no Cais do Sodré três pessoas, uma das quais permanece internada numa unidade de Cuidados Intensivos.

Segundo informação da PSP, as vítimas foram agredidas com uma navalha, além de murros e pontapés, após terem recusado um cigarro aos dois suspeitos numa zona de diversão noturna.

A polícia deteve os suspeitos depois das agressões a um homem na Rua dos Molares, mas conseguiu relacioná-los com uma primeira situação de esfaqueamento ocorrida pouco antes e de que foram vítimas outros dois homens, assistidos no local pelo Instituto Nacional de Emergência Médica.

Na sua posse tinham uma navalha com vestígios de sangue.

Os suspeitos de ofensas graves à integridade física, reconhecidos pelas vítimas, vão ser hoje presentes ao Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa, para aplicação das respetivas medidas de coação.

Segundo o comunicado da PSP, as três vítimas foram transportadas para o Hospital de São José, também em Lisboa, e uma delas, que foi submetida a uma intervenção cirúrgica, ainda se encontra nos Cuidados Intensivos, com prognóstico reservado.