A média dos exames nacionais de Português no ensino secundário baixou este ano para 8,9 valores, contra os 9,5 registados em 2012, e a taxa de reprovação aumentou dos 8%, em 2012, para os 10%, em 2013.

Os dados foram divulgados pelo Ministério da Educação e Ciência (MEC), um dia depois da divulgação da maioria dos exames nacionais do ensino secundário (11.º e 12.º anos), realizados em primeira fase.

Para hoje ficou apenas reservada a afixação das notas de Português, de Português Língua Não Materna e de Latim A, provas marcadas para 17 de junho, que, devido à greve de professores, não puderam ser realizadas por todos os alunos, o que obrigou o MEC a agendar uma segunda data, ainda em primeira fase, para 02 de julho, de forma a permitir que os alunos afetados pudessem fazer o exame, sem prejuízo para o calendário escolar e para o prazo de candidaturas ao ensino superior.