A PSP identificou um homem de 26 anos suspeito do crime de exibicionismo e importunação sexual de jovens estudantes da universidade e escolas secundárias da cidade de Vila Real, mas foi submetido a termo de identidade e residência.

A polícia referiu, em comunicado, que até ao momento foram apresentadas quatro queixas-crime, embora acredite na possibilidade de haver outras ocorrências que não foram comunicadas.

A PSP explicou que teve conhecimento que um homem circulava com uma viatura nas imediações da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) e escolas da cidade de Vila Real, importunando, através de seguimentos, jovens estudantes do sexo feminino.

As testemunhas reportaram que, inclusivamente, enquanto passava por elas “exibia os seus órgãos genitais e se masturbava”, segundo a Lusa.

A polícia disse que efetuou de imediato "vigilâncias discretas" aos locais mais utilizados pelo suspeito, que foi intercetado pelos agentes policiais “junto a uma escola secundária, no interior da sua viatura e em pleno ato de masturbação”.

As vítimas identificaram fotograficamente o suspeito, que foi constituído arguido e submetido a termo de identidade e residência.