Notícia atualizada às 20:42

Dois militares da GNR morreram numa colisão entre uma viatura da força de segurança e um camião, ocorrida esta segunda-feira na estrada entre Évora e Reguengos de Monsaraz, disse à agência Lusa fonte da GNR.

Na viatura da GNR seguiam dois elementos adstritos ao programa Escola Segura, do Destacamento Territorial de Reguengos de Monsaraz, referiu a fonte.

As vítimas mortais são uma mulher e um homem, de 36 e 37 anos, respetivamente. A militar faleceu no local do acidente, e o homem já o hospital de Évora, para onde tinha sido transportado com ferimentos graves.

Os militares regressavam a Reguengos de Monsaraz, depois de terem entregado em Évora os exames de Matemática do 9.º ano, hoje realizados.

A fonte indicou que o acidente ocorreu numa curva na Estrada Nacional (EN) 256, perto da povoação de Vendinha, no concelho de Évora, envolvendo a viatura ligeira da GNR e um pesado de mercadorias.

O condutor do camião também foi transportado para as urgências do hospital de Évora por ter entrado «em choque».

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora disse à Lusa que o alerta para o acidente foi dado às 16:18.

Para as operações de socorro foram mobilizados 25 elementos e nove viaturas dos bombeiros de Évora e de Reguengos de Monsaraz, GNR e do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), incluindo uma viatura médica de emergência e reanimação (VMER).