A Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais anunciou esta segunda-feira que três reclusos se evadiram no domingo do Estabelecimento Prisional de Pinheiro da Cruz, tendo um deles sido já capturado.

O evadido que foi capturado é um recluso que tinha sido condenado a uma pena de prisão de 18 anos pelo crime de homicídio, refere um comunicado da direção-geral.

A evasão dos três homens foi comunicada à PSP e à GNR e foi mandado instaurar um processo de inquérito, a realizar pelo serviço de auditoria e inspeção, coordenado por um magistrado do Ministério Público.

A evasão ocorreu a partir dos pavilhões prisionais tipo que se situam fora da zona celular da muralha e se destinam a reclusos em regime aberto, informou o estabelecimento prisional.

Dois dos homens têm 35 anos e outro 40 anos e são acusados dos crimes de furto, roubo, condução de veículo sem habilitação legal e homicídio, estando condenados a penas de seis anos, 13 e 18 anos de prisão.

Os três homens já tinham beneficiado de saídas precárias e encontravam-se a trabalhar em regime aberto. Dois deles estavam próximo do fim da pena.