Um agente da PSP da Grande Lisboa fez soar as campainhas de alarme no Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa.

Um jovem de 23 anos comprou a pronto vários carros topo de gama e motos de alta cilindrada. Depois de saber tratar-se de um polícia, o Ministério Público foi apurar a origem do dinheiro, pondo a hipótese de o PSP estar envolvido em alguma atividade criminosa.

Afinal, como conta o «DN», o PSP tem uma mãe com sorte, muita sorte, e que venceu um prémio do «Euromilhões» no valor de 30 milhões de euros e que resolve mimar assim o filho único.

Mas, o dinheiro não compra todos os sonhos e, por isso, como conta um colega sob anonimato ao jornal, o rapaz, continua a vestir a farda, porque ser polícia era o seu sonho de menino.