As caras pintadas e as bandeiras no ar já são um clássico entre quem apoia a Seleção Nacional, para além da cerveja na mão e sorriso na cara. Mas há sempre algumas excentricidades que dão cor à festa portuguesa, ainda para mais na véspera da final do Euro 2016. Os vídeos, em cima, e nos links, em baixo, fazem esse retrato que explicamos de seguida. 

O senhor Sá, por exemplo, inventou um "haka" de apoio à Seleção e ficou rapidamente famoso nas redes sociais. A TVI também esteve com ele, em Marcoussis, e presenciou a sua garra, com uma canção que tem como ingredientes bacalhau, repolho, chouriça e presunto.

Paladares que chegam rapidamente a todos aqueles que, em Portugal e mundo fora, estão a torcer pela Seleção. A reportagem da TVI também esteve em Paris, num dos restaurantes mais famosos da capital francesa e claro que a festa se faz já à mesa e é para continuar este domingo.

A extravagância também se vê e se acelera neste clima de festa. Exemplo disso é o emigrante português fez questão de decorar o seu Porsche com as cores, as caras e as letras de apoio "Força Portugal".  

Os madeirenses sentem de força bastante especial esta final do Euro, já que Cristiano Ronaldo é o capitão e quer, como sempre disse, ganhar algo pelo seu país. Dentro e fora de campo, um gigante

Para além dos milhares de adeptos que já estão em solo francês, só este domingo aterram mais 2.000 portugueses. A fan zone de Paris vai receber 90 mil pessoas, numa operação de elevada segurança, dada o nível alerta máximo de terrorismo. 

Em Marcoussis, onde a Seleção esteve hospedada e treinou durante este Euro 2016, muitos emigrantes não arredaram pé para ver os jogadores durante as últimas semanas.

Às críticas sobre a qualidade técnica da equipa, a resposta do treinador: "Que continuem a dizer que ganhámos sem merecer". Como Fernando Santos antecipou, Portugal só vem mesmo para casa no dia 11 de julho.