Cerca de 200 pessoas foram detidas desde sexta-feira passada por condução sobre efeito de álcool ou por não terem habilitação para conduzir, revelou esta sexta-feira a Guarda Nacional Republicana (GNR).

No conjunto de várias operações de fiscalização, realizadas entre os dias 11 e 17 de setembro, a GNR deteve 148 pessoas por terem conduzido alcoolizadas e outras 48 por condução sem habilitações legais.

No total, a GNR fiscalizou 19.725 condutores e detetou 7.119 infrações, a maioria por excesso de velocidade (1.733), uso incorreto ou falta de cinto de segurança e sistema de segurança para crianças (383) e condução com taxa de álcool superior ao permitido por lei (372).

Mais de 500 condutores foram multados por falta de inspeção obrigatória de viatura e por estarem a usar o telemóvel ao volante.

De acordo com a mesma força de segurança, naquela semana foram também detidas 54 pessoas por tráfico de droga, 12 por posse de armas proibidas e 14 por furto.

Foram apreendidas 11.247 doses de haxixe, 839 de cocaína, 95 de heroína, 97 plantas de cannabis, 24 viaturas, cerca de 76.000 euros e 25 armas brancas e de fogo.