Um automóvel colidiu frontalmente com outro veículo ligeiro na autoestrada A29, no sentido sul-norte, junto ao nó de Estarreja, nesta sexta-feira, depois de ter andado mais de 30 quilómetros em contramão, provocando um ferido ligeiro, informou fonte dos Bombeiros.

O alerta para o acidente chegou aos Bombeiros de Estarreja às 12:12.

O carro seguia em contramão, junto à berma, e chocou de frente contra uma viatura que ia entrar na A29", disse à agência Lusa o comandante dos Bombeiros de Estarreja, Ernesto Rebelo.

Segundo a mesma fonte, o ferido é um homem de 54 anos que seguia ao volante do carro em contramão.

"Ele estava bastante desorientado e queixava-se de dores na zona do peito", referiu o mesmo responsável, adiantando que a vítima foi conduzida para o Hospital de S. Sebastião na Feira.

Segundo fonte da GNR, o homem terá entrado na A29 em Vila Nova de Gaia e saiu por iniciativa própria no nó de Estarreja, onde ocorreu o acidente, que não causou constrangimentos no trânsito.

A Guarda foi, entretanto, alertada por vários condutores para a presença de um veículo que estava a circular em sentido contrário, tendo seguido para o local várias patrulhas no sentido de intercetar o automobilista.

A GNR montou uma operação que envolvia cinco carros patrulha para fazer arrastamento de trânsito no sentido contrário à deslocação do veículo em causa, para que se houvesse uma colisão não fosse tão violenta, e no sentido da circulação do veículo, havia outras patrulhas com o intuito de o intercetar, mas a operação não surtiu efeito", disse a mesma fonte.

A GNR elaborou auto de notícia e irá participar o caso ao Ministério Público.