A Guarda Civil espanhola está à procura de dois homens que conduzem um carro com matrícula portuguesa e são suspeitos de terem atacado uma dependência bancária em Pontevedra recorrendo a explosivos, anunciaram as autoridades locais.

O representante da Galiza no Governo central avançou estes pormenores aos meios de comunicação quando participava numa cerimónia para promover a segurança rodoviária infantil, de acordo com a agência de notícias espanhola Efe.

Os agentes da Guarda Civil estão à procura dos dois homens, que fugiram no veículo depois de fazerem explodir uma caixa multibanco num balcão do banco espanhol Abanca em Pontevedra - Tui, uma cidade espanhola perto de Valença, no norte de Portugal.

A explosão ocorreu durante a madrugada no bairro da Estação, em Guillarei, Tui, acrescentaram as autoridades, considerando que apesar de ser provável que o objetivo da explosão fosse roubar a caixa multibanco, a investigação ainda não permitiu confirmar essa hipótese.

O rebentamento, que ocorreu pelas 04:15 horas, não fez vítimas nem obrigou à saída dos residentes nos andares superiores do prédio onde estava o balcão da Abanca.