O presidente da Câmara de Cascais admitiu esta quarta-feira que o município está disponível para colaborar com a casa real espanhola na compra ou cedência da Casa de Santa Maria para residência do rei emérito D. Juan Carlos.

A autarquia foi abordada "por pessoas próximas do rei emérito sobre a possibilidade" da utilização da Casa de Santa Maria, propriedade municipal, ao "nível da perspetiva cultural, da perspetiva do registo histórico, relacionado com os condes de Barcelona", afirmou à Lusa Carlos Carreiras (PSD).

Segundo o autarca, que falava à margem da assinatura da aquisição pelo município do antigo hospital de Cascais, "houve a manifestação de vontade de aquisição", mas a colaboração também pode passar pela cedência da Casa de Santa Maria para uma utilização de âmbito cultural.

O jornal espanhol ABC avançou, a 03 de outubro passado, que o município de Cascais tinha "oferecido a Don Juan Carlos uma residência de Verão na costa portuguesa" e que o rei emérito "ainda não tinha aceitado".