A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro anunciou a detenção de um homem de 31 anos suspeito de ter ateado fogo aos anexos da habitação onde a ex-companheira vive com uma filha menor, em Esmoriz, Ovar.

Segundo a PJ, o incêndio, que ocorreu na passada sexta-feira, só não atingiu a totalidade da habitação por ter sido prontamente detetado e combatido.

O detido, que terá atuado num quadro continuado de violência doméstica contra a sua ex-companheira, está acusado dos crimes de incêndio e de violência doméstica.

O indivíduo foi sujeito a primeiro interrogatório judicial, tendo saído em liberdade, mas está proibido de contactar a filha e a ex-companheira, como medida de coação.

O arguido está ainda obrigado a apresentações diárias às autoridades.