Notícia atualizada às 18:41

A interdição de banhos nas duas praias de Quarteira atingidas este domingo por uma descarga de esgotos vai manter-se por, pelo menos, mais dois dias, disse à Lusa fonte da Zona Marítima do Sul.

As autoridades hastearam hoje de manhã a bandeira vermelha nas praias do Forte Novo e de Quarteira nascente na sequência de uma descarga acidental de esgotos, originada por uma avaria nas bombas de uma estação elevatória.

De acordo com a mesma fonte, o problema ficou resolvido ao início da tarde, cessando as descargas poluentes, mas a proibição de ida a banhos nas praias foi, por precaução, alargada por mais 48 horas.

«Logo que haja resultados que indiquem que a qualidade das águas balneares é a adequada, será levantada a suspensão», disse à Lusa o comandante da Zona Marítima do Sul, acrescentando que o acesso à praia está desimpedido e que as pessoas apenas não podem tomar banho.

Apesar de a descarga acidental ter acontecido numa zona de rochas e, por isso, confinada a um perímetro relativamente pequeno, a evolução das marés pode fazer alastrar a matéria poluente.

No local estiveram técnicos da direção regional da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), da Águas do Algarve, elementos da Polícia Marítima, dos serviços da Câmara de Loulé e da Junta de Freguesia de Quarteira.