A polícia intercetou e conduziu este sábado à esquadra do Bairro Alto, em Lisboa, nove suspeitos de estarem envolvidos no esfaqueamento de um jovem, de 23 anos, ocorrido esta tarde na zona do Cais do Sodré, disse à agência Lusa fonte policial.

Seis dos nove suspeitos de envolvimento no esfaqueamento ficaram detidos e vão ser presentes a tribunal na segunda-feira, disse fonte policial à agência Lusa.

Segundo o Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis) da PSP, os detidos têm entre 18 e 25 anos, enquanto os outros três elementos, por terem menos de 16 anos (têm os três 15 anos) deverão ser entregues às famílias, seguindo a investigação e os processos à parte.

“Dois grupos envolveram-se numa desordem pelas 13:30. Após o esfaqueamento da vítima, que está em estado grave no Hospital de São José, os suspeitos apanharam o cacilheiro para a margem sul do rio Tejo. Solicitámos apoio à Polícia Marítima e, com a sua colaboração, os suspeitos foram intercetados pela polícia durante a viagem”, explicou fonte do Cometlis.


Os seis suspeitos vão ficar detidos na esquadra da PSP e serão presentes ao juiz de instrução criminal, na segunda-feira, para primeiro interrogatório judicial.

O Cometlis acrescenta que a vítima foi transportada para o Hospital de São José, não havendo ainda informação sobre o seu estado clínico, nem sobre a sua idade.