A Unidade de Saúde Pública de Vila Real está a investigar a origem de uma aparente virose que afetou, entre quarta-feira e esta quinta-feira, cerca de 60 alunos e professores do Centro Escolar da Araucária, disse fonte da entidade.

Vítor Canilhas, médico de saúde pública, afirmou à agência Lusa que, “aparentemente ,se trata de uma situação vírica, uma virose, com um quadro clínico de diarreia, vómitos e mau estar, mas sem febre”.

Segundo o responsável, na quarta-feira, 57 alunos e três professores sentiram-se mal e foram para casa.

Já hoje foram contabilizados mais cinco casos entre os estudantes.

Os estudantes afetados são de turmas diferentes e dos diferentes níveis de escolaridade, desde o 1.º ao 4.º anos do ensino básico.

“Estamos no terreno, a investigar concretamente o que aconteceu."


Vítor Canilhas adiantou que clinicamente “não parece haver perigo” nem “motivo para alarme”.

Referiu ainda não ter conhecimento de casos em que tenha sido necessário recorrer ao centro de saúde ou hospital.

“Temos conhecimento de que têm sido casos benignos e que têm sido tratados em casa com facilidade.”


Alguns dos alunos que se sentiram mal na quarta-feira já regressaram esta quinta-feira à escola.