Doze alunos da Escola Secundária José Régio, em Vila do Conde, foram encaminhados esta terça-feira para o hospital, depois de terem revelado sintomas de urticária durante as aulas.

Os jovens, com idades entre os 12 e 17 anos, deram entrada na unidade hospitalar da Póvoa de Varzim e também no Hospital de S. João, no Porto, depois de terem sido, inicialmente, assistidos no local por um médico e pelos bombeiros de Vila do Conde

«Os jovens estavam com alergia, pele muito vermelha e com comichão», contou Joaquim Moreira, comandante da corporação vila-condense, que fez deslocar para o local 18 home,ns apoiados por oito viaturas.

Joaquim Moreira contou que o surto começou numa sala mas afetou alunos de turmas diferentes.

Sobre a causa do incidente, Joaquim Moreira revelou que no local a corporação averiguou «se havia alguma algo que motivasse o surto de urticária, mas que nada foi detetado».

O comandante contou que a suspeita inicial recaiu sobre um detergente, «mas depois de analisar e visto que já era usado há muito tempo naquelas instalações, percebeu-se que não seria por isso».

A Agência Lusa tentou contactar com os responsáveis da escola, mas até ao momento não foi possível, uma vez que se encontram em reunião com elementos da Delegação de Saúde de Vila do Conde.