As vítimas foram encontradas em casa em Borba, sendo que a mãe, de 45 anos, faleceu e duas meninas foram transportadas para os hospitais de Évora e de Santa Maria, disse fonte do Comando Distrital das Operações e Socorro (CDOS) de Évora, num primeiro momento, à TVI.

O adjunto do comando de bombeiros de Borba, António Ferreira, disse também à TVI que foram chamados ao local, "pelas 10:30, para um arrobamento de porta e deparámo-nos com este cenário."

As duas crianças, de 14 e 9 anos, foram transportadas, de helicóptero para os hospitais de Évora e Santa Maria.

"Estavam todas inconscientes, mas as meninas ainda reagiram antes de estarem medicadas. A mais nova foi para Santa Maria a e outra da Évora", acrescentou o adjunto do comando de bombeiros.

A mulher foi levada para o Centro de Saúde de Estremoz, onde viria a ser declarado o óbito.

As autoridades foram chamadas ao local, depois do alerta de um vizinho.

Fonte no local disse à TVI que a causa do acidente foi uma braseira, encontrada no quarto onde estavam as três vítimas.