A PSP anunciou esta quinta-feira a detenção de uma mulher do Porto suspeita de conceder empréstimos mediante pagamento de juros elevados e indiciou-a pela prática dos crimes de extorsão e usura.

Em comunicado, a PSP informa que a detida fazia empréstimos mediante o pagamento de juros «que podiam atingir os 1000%». Em alguns casos, a suspeita e outras pessoas do seu círculo «procediam a ameaças de agressão às vitimas ou a seus familiares».

A detenção foi feita no âmbito de duas buscas domiciliárias, depois de uma denúncia, nas quais foram encontrados documentos «que provam a prática da extorsão», disse uma fonte policial contactada pela Lusa.

Durante as buscas, foram ainda apreendidas três caçadeiras e duas armas de pressão de ar que, de acordo com as fontes, seriam usadas «para intimidar as vítimas e familiares que não realizavam os pagamentos com os juros pedidos».

A mulher, de 45 anos, foi já presente ao Tribunal de Instrução Criminal do Porto, desconhecendo-se ainda a medida de coação.