Os Sapadores Bombeiros de Vila Nova de Gaia registaram nas últimas semanas falsos alarmes de acidentes rodoviários e incêndios, obrigando “a uma grande mobilização de meios” e “pondo em risco o socorro" em casos de real emergência.

“É lamentável o que as pessoas são capazes de fazer. Só na última semana recebemos três pedidos de socorro falsos”, lamentou, em declarações à Lusa, uma fonte da corporação.

Acrescentou que “a autoridade nacional está a investigar a origem das chamadas”.

De acordo com a fonte, o último falso alarme que chegou via rede nacional do 112 foi registado terça-feira à noite, alertando para um acidente de viação com várias viaturas, quatro feridos, dois dos quais encarcerados.

“Para o local foram homens e viaturas nossas e dos Voluntários de Coimbrões e de Valadares, além de quatro ambulâncias, duas viaturas médicas de emergência dos hospitais de Gaia e do Santo António, um carro de desencarceramento e elementos da PSP”, afirmou.

O alerta chegou as 22:46, tendo os meios sido desmobilizados cerca das 23:20.

“À semelhança do que aconteceu ontem [terça-feira], os pedidos de socorro são para as zonas da Arrábida e outros locais da freguesia de Santa Marinha”, referiu a fonte.