Se tem um telemóvel com sistema operativo Android e mora em Lisboa, provavelmente já terá testado a aplicação da EMEL para pagar o estacionamento do seu carro. A aplicação já estava disponível para esses smartphones desde junho, mas a partir desta quinta-feira funciona, também, nos sistemas iOS e Microsoft. Há ainda outra novidade: a aplicação App ePark, que é gratuita, só funcionava entre a linha de Entrecampos e a 2.ª Circula, mas agora cobre toda a cidade de Lisboa.

Durante a fase piloto, que dura até 30 de setembro, a EMEL vai continuar a oferecer 10 euros a todos os utilizadores que instalem a App ePark.

Para o administrador da EMEL, João Dias, esta aplicação é um «passo essencial para facilitar a vida aos utilizadores e melhorar a qualidade do serviço prestado», lê-se num comunicado citado pela Lusa. «Este é um trabalho que quer continuar a desenvolver em colaboração com os utilizadores», pelo que a EMEL irá recolher opiniões e recomendações.

A EMEL lançou também hoje uma nova página na internet, que oferece mais informação e mais serviços on-line e na qual é possível criar uma área privada (MyEmel) que funciona «um canal de contacto mais direto» com a empresa.