O cavaleiro Joaquim Bastinhas foi atropelado nesta sexta-feira por uma máquina agrícola quando se encontrava na herdade das Argamassas, da qual é proprietário, em Elvas. Encontra-se em "estado grave", mas sem correr risco de vida, segundo informou o diretor clínico da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA), Jorge Gomes.
 
Bastinhas, 59 anos, esteve internado na unidade hospitalar de Elvas, segundo apurou a TVI24 junto de fonte dos bombeiros. O cavaleiro foi depois transferido para o hospital de Portalegre, onde está a ser alvo de uma intervenção cirúrgica.

Em declarações aos jornalistas, o diretor clínico da ULSNA, Jorge Gomes, fez saber que o estado de saúde do cavaleiro é “grave, mas estável”, não correndo risco de vida. O clínico explicou que o toureiro está “consciente”.

Fonte dos bombeiros explicou à TVI24 que, após o acidente, o cavaleiro não tinha ferimentos visíveis, mas estava a queixar-se de dores lombares. 

"A máquina telescópio estava a fazer marcha atrás e nem o operador da máquina, nem o Joaquim Bastinhas se aperceberam. Ele estava a falar ao telefone e nem se apercebeu"


Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Portalegre indicou à agência Lusa que o alerta foi dado às 08:22, tendo o toureiro sido transportado da Herdade das Algramassas, onde reside, para o hospital de Elvas.

O toureiro foi, depois, transferido para o hospital de Portalegre, onde deu entrada cerca das 11:00.

No local do acidente, estiveram oito Bombeiros dos Voluntários de Elvas, auxiliados por três viaturas, além de uma ambulância de suporte imediato de vida (SIV) e elementos da GNR.