O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, disse esta quarta-feira que os diretores das escolas encaram o modelo integrado de avaliação externa das aprendizagens no ensino básico como “pedra basilar importante” para promover o sucesso escolar.

“Todos entendem a urgência e a premência da introdução destas medidas o mais rapidamente possível”, disse Tiago Brandão Rodrigues aos jornalistas, em Coimbra.


O ministro da Educação fazia um balanço “muito positivo” de uma reunião, no auditório do Conservatório de Música de Coimbra, que serve também a Escola Secundária da Quinta das Flores, em que participaram diretores de 147 agrupamentos e escolas não agrupadas da região Centro.

Depois de dois encontros idênticos no Norte e um no Algarve, desde o dia 13, esta foi a quarta reunião de Tiago Brandão Rodrigues para apresentar o modelo integrado de avaliação externa das aprendizagens no ensino básico.

“Houve muito boa recetividade por parte dos diretores e professores”, declarou, frisando que “todos entendem que a introdução nas escolas destas provas de aferição a meio do ciclo” funcionará “como uma pedra basilar importante para a melhoria das aprendizagens na escola e para a promoção do sucesso escolar”.

Essas provas deverão “dar às famílias e aos alunos, mas também às escolas, informação atempada relativamente ao diagnóstico que se pode fazer de cada um dos alunos para depois poder haver, consequentemente, uma boa articulação para a resolução" dos problemas, refere a Lusa.

“Foi saudada por parte de muitos e muitos diretores” a abolição dos exames nos quarto e sexto ano de escolaridade, bem como a introdução do modelo de aferição, “vista como altamente positiva”, acrescentou o ministro da Educação.

Durante os trabalhos, Tiago Brandão Rodrigues esteve acompanhado pelo secretário de Estado da Educação, João Costa, delegada regional do Centro da Direcção-Geral dos Estabelecimentos Escolares, Cristina Oliveira, diretores do Conservatório de Coimbra e da Escola da Quinta das Flores, Manuel Rocha e Ana Margarida Marques, respetivamente.