Foi detido pela Polícia Judiciária o homem suspeito de esfaquear pai e filho numa bomba de gasolina em Duas Igrejas, Penafiel, na noite de domingo.

O alegado agressor tem 34 anos, é calceteiro de profissão e vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação, anunciou a PJ, nesta terça-feira. Responde pela presumível autoria de dois crimes de homicídio na forma tentada.

Este homem estava identificado pelas autoridades desde o ataque.

Segundo a PJ, "na sequência de confrontos verbais e físicos entre várias pessoas, o suspeito, munido de uma navalha que transportava consigo, terá desferido vários golpes em duas dessas pessoas, que feriu com bastante gravidade".

As vítimas, um pai de 47 anos e o filho de 23, continuam internadas no hospital Padre Américo, em Penafiel, e uma delas chegou a correr perigo de vida, tendo de ser operada de urgência.

Na origem dos desacatos estarão motivos passionais.