O comando distrital da PSP de Leiria anunciou a detenção, naquela cidade, de 11 pessoas, que foram presentes a tribunal, no âmbito de uma operação de combate ao tráfico e consumo de estupefacientes.

Em comunicado, a PSP refere que a divisão policial de Leiria iniciou a «Operação Kruid» no início do ano, dirigindo-a para «locais entendidos como vulneráveis do ponto de vista do tráfico e consumo de estupefacientes por parte das populações mais jovens».

A operação desenvolveu-se «nas imediações de escolas do ensino secundário e superior», bem como «junto de estabelecimentos de diversão noturna frequentados pela população mais jovem, como aqueles que se situam no centro histórico de Leiria».

Os locais escolhidos tiveram por base uma análise e recolha de informação efetuada pela PSP «sobre a problemática do tráfico e consumo» de droga.

Além das 11 detenções, as várias ações realizadas pelas várias valências da PSP de Leiria resultaram ainda na «identificação de 51 indivíduos associados ao consumo de produto estupefaciente», que foram notificados para «comparência na Comissão de Dissuasão da Toxicodependência de Leiria», tendo sido elaborados os «respetivos autos de contraordenação».

Foram ainda apreendidas 287 doses de haxixe, 28 de liamba, 12 de heroína, 18 de cocaína e dez de MDMA (ecstasy).

«Dando continuidade ao trabalho já iniciado no início do ano letivo 2013/2014, a PSP de Leiria manterá uma postura atenta à evolução do fenómeno do tráfico e consumo de produtos estupefacientes, orientando os seus esforços nesta matéria para os locais referenciados, procurando deste modo contribuir para o bem-estar e segurança das comunidades escolares e população estudantil jovem», refere ainda o comunicado.

A PSP de Leiria pretende apostar «não apenas numa vertente dissuasora», mas também «numa vertente informativa e de sensibilização», nomeadamente «através da participação nos projetos desenvolvidos em parceria com outras instituições, com é o caso do projeto "Like Saúde"».