Um homem de 48 anos foi detido no Aeroporto da Madeira na posse de 6.300 doses de heroína dissimuladas no corpo, disse esta segunda-feira à agência Lusa fonte da Polícia Judiciária.

A detenção foi efetuada através do Departamento de Investigação Criminal do Funchal da PJ na passada sexta-feira, tendo as autoridades judiciais determinado como medida de coação a prisão preventiva, refere um comunicado divulgado hoje.

O detido pela prática de um crime de tráfico de estupefacientes é um português, não residente da Região Autónoma da Madeira, adiantou a mesma fonte.