A Polícia Judiciária anunciou a detenção de um homem de 45 anos, que se encontrava nas imediações do aeroporto de Lisboa, na posse de duas malas com 46 quilos de cocaína proveniente da Venezuela.

Em comunicado, a Diretoria do Norte da Polícia Judiciária (PJ) revelou que o homem está «fortemente indiciado pela prática de crime de tráfico internacional de estupefacientes por via aérea».

A operação decorreu na segunda-feira, em colaboração com a Guarda Civil espanhola, que, por seu lado, deteve quatro pessoas em Espanha, entre os 40 e os 60 anos, no decurso das investigações.

O homem detido em Lisboa é camionista e, segundo a PJ, «integrará uma organização criminosa transcontinental».

O indivíduo «foi detido na posse de duas malas de viagem, no interior das quais vinha produto estupefaciente, presumivelmente cocaína, acondicionado no interior de 40 embalagens, em forma retangular, com o peso aproximado de 46 quilogramas».

Os cinco detidos vão ser presentes a primeiro interrogatório para aplicação das medidas de coação adequadas.