Uma embarcação utilizada por uma organização internacional de tráfico de estupefacientes para transportar haxixe entre Marrocos e as costas portuguesa e espanhola foi apreendida numa marina do Algarve, anunciou hoje a Polícia Judiciária.

“Com sede na província espanhola de Huelva, a organização colocou a embarcação numa marina no Algarve, a partir da qual se deslocava a Marrocos para efetuar o carregamento de haxixe e subsequente transporte para a costa portuguesa e espanhola, onde fazia o transbordo do estupefaciente para outras embarcações, regressando novamente à marina sem vestígios da droga”, indicou a PJ em comunicado.

Dez elementos da organização foram detidos no final da passada semana em Espanha, tendo seis deles ficado em prisão preventiva depois de terem sido ouvidos na Audiencia Nacional em Madrid.

A polícia acrescentou que a organização está referenciada com um descarregamento de cerca de duas toneladas de haxixe em Espanha, decorrendo “diligências de investigação, no sentido de a relacionar com descarregamentos em território português”.

A apreensão da embarcação no Algarve foi efetuada pela diretoria do Sul da PJ, numa operação que decorreu em colaboração com a Força Aérea Portuguesa e em articulação com o Servicio de Vigilancia Aduanera de la Agência Tributaria e o Cuerpo Nacional da Polícia de Espanha.