Uma turista portuguesa, de 52 anos, foi este domingo vítima de doença súbita na praia de Benagil, em Lagoa, que não tem acesso por terra. O socorro foi feito com sucesso pelo Instituto de Socorros a Náufragos (ISN).

Segundo um comunicado da Autoridade Marítima Nacional, o salvamento foi efetuado com o recurso a uma embarcação salva-vidas de Ferragudo.

A turista tinha chegado à praia através de uma embarcação marítimo-turística, antes de o problema de saúde ter ocorrido.

Foi transportada numa ambulância do INEM para o Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio.

Também este fim de semana, foram realizados outros resgates no mar. A Força Aérea Portuguesa (FAP) interveio, com sucesso, para ajudar sete pessoas: seis de uma embarcação de recreio ao largo de Sines e a outra de uma corveta da Marinha, nos Açores.