Uma professora do ensino básico foi esta quarta-feira agredida dentro da sala de aulas da Escola Básica n.º 2 em Rossio ao sul do Tejo pelos pais de um aluno, tendo sido transportada ao Hospital de Abrantes.

Fonte do estabelecimento de ensino disse à agência Lusa que a professora em questão havia chamado os pais devido a situações de alegados maus comportamento do aluno, tendo a professora sido agredida e recebido tratamento hospitalar.

A mesma fonte disse que a professora ficou ferida nas mãos e num braço, a par de uma crise de ansiedade emocional.

«Os pais do aluno em questão entraram na sala de aulas, no início da primeira aula da manhã, culparam a professora pelo alegado mau desempenho comportamental do filho e agrediram-na nas mãos e num braço», acrescentou.

A maioria dos alunos, de uma turma do 4.º ano da escola básica do Rossio, que assistiram às agressões, «foram para casa por questões emocionais», disse. Os restantes alunos «foram divididos» pelas outras turmas do estabelecimento de ensino.

Fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém confirmou a ocorrência à agência Lusa, tendo o alerta sido dado às 9:21, a que ocorreram os bombeiros de Abrantes, com um veículo de socorro, e as forças da autoridade (PSP).

Jorge Soares, porta-voz da PSP de Santarém, disse à Lusa, por sua vez, que «a agressora foi identificada e o caso, por configurar um caso de crime público, vai ser remetido para o Ministério Público».