A Câmara Municipal de Vila do Conde formalizou um acordo com a Docapesca, entidade que gere os portos de pesca nacionais, para que a lota local possa estar aberta ao domingo de manhã.

O entendimento vai ao encontro das pretensões dos pescadores de artes artesanal local e da população vila-condense, contribuindo para dinamização do setor.

Com esta resolução, a lota de Vila do Conde, cujas renovadas instalações foram no início deste mês inauguradas, poderá, aos domingos de manhã, receber pescado fresco e operacionalizar a sua comercialização.

A presidente da autarquia vila-condense, Elisa Ferraz, considerou que "este epílogo redunda num benefício para todos: pescadores, vendedoras, consumidores e Câmara Municipal", lembrando o esforço feito para que o acordo fosse alcançado.

"Foi um processo muito longo, com muitas adversidades, o que obrigou a uma grande atenção e luta constante da autarquia junto dos organismos públicos, mas que chegou a bom porto", disse.

O equipamento, que continuará receber intervenções de beneficiação, tem, ainda, previsto a criação de novas outras áreas, designadamente um bar-restaurante, que foi concessionado na sequência do concurso já realizado pela  Docapesca, e que, em breve, abrirá ao público.

Serão ainda executadas obras de requalificação no acesso das embarcações ao cais.