Três embarcações foram totalmente consumidas pelo fogo que deflagrou durante a madrugada na doca do Bom Sucesso, em Belém, Lisboa, e uma quarta sofreu estragos, mas encontra-se a flutuar, disse fonte da Capitania do Porto de Lisboa.

“Temos três embarcações de recreio, tipo iate, que foram consumidas praticamente no seu todo pelo fogo e naufragaram. Existe uma quarta que, apesar de estar a flutuar, apresenta estragos significativos”, disse à Lusa Malaquias Domingues, comandante da Capitania do Porto de Lisboa.

O incêndio ao início da madrugada de hoje em embarcações atracadas na doca do Bom Sucesso, em Belém, Lisboa, foi extinto pelas 01:45 e não causou vítimas.

A mesma fonte adiantou que a Polícia Marítima vai abrir uma investigação para tentar apurar as causas do incêndio, cujo alerta foi dado às 23:55 por um grupo de jovens que circulava na zona, via 112.

Segundo Malaquias Domingues, neste momento “a intenção é apurar o máximo de informação que possa levar a algumas conclusões preliminares sobre o que possa ter acontecido”, avançando que foi criado um perímetro na zona da ocorrência e a qualquer momento a Policia Judiciaria (PJ) estará no local a fazer as primeiras diligências.

Ainda de acordo com o responsável o grupo de mergulhadores forenses “está pronto para apoiar as necessidades da PJ”.

Segundo o responsável, o incêndio terá tido início numa embarcação, alastrando depois a outras duas, tendo-se registado várias explosões, a última das quais cerca da 01:15.