O Jardim Zoológico de Lisboa recebeu 10 toneladas de carne de bovino doada pela Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), uma quantidade que vai permitir alimentar os animais por mais de dois meses.

“O produto doado pela ASAE na sexta-feira era transportado no passado dia 8 de julho para entrega numa cadeia de supermercados quando, após acidente de viação na autoestrada A1, se verificou uma interrupção da cadeia de frio”, refere a ASAE em comunicado.

Após ter tido conhecimento da ocorrência, a ASAE deslocou-se ao local do acidente para efetuar uma perícia com um médico veterinário, tendo determinado “não existirem condições para entrega da carne para consumo humano”, pelo que procedeu de imediato à sua apreensão.

"Contactado o operador económico, foram efetuadas diversas diligências para acautelar um destino para o produto apreendido, atendendo ao seu elevado volume e valor económico do mesmo", explica o comunicado.

Foi então decidido, com a concordância do operador económico e uma vez que o produto se encontrava em condições para consumo animal, que se procedesse à sua entrega ao Jardim Zoológico de Lisboa.

Trata-se da maior doação de alimentos recebida pelo Jardim Zoológico de Lisboa.

A ASAE tem-se empenhado, no âmbito da responsabilidade social, na doação de bens e material apreendido, sensibilizando e desenvolvendo as diligências para a sua doação, em detrimento da sua destruição, garantindo sempre as condições dos produtos entregues, refere a entidade em comunicado.