O proprietário português de um restaurante de espetadas à madeirense, Diogo Rodrigues, é o mais jovem vereador da cidade inglesa de Bridgwater, depois de ser eleito deputy mayor.

Neste sábado, vai ser homenageado nas celebrações locais do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, onde estará juntamente com o presidente da autarquia, o leader Brian Seddlar.

Não represento apenas a comunidade portuguesa. A razão por que o faço é porque me preocupo em ajudar a melhorar a vida das pessoas, independentemente da nacionalidade", enfatizou, em declarações à agência Lusa.

Porém, admitiu estar disponível para dar "uma ajuda extra aos portugueses que precisem".

Situada no sudoeste de Inglaterra, perto de Bristol, a cidade de Bridgwater viu a comunidade portuguesa crescer para cerca de 500 pessoas na última década, estimando-se que na região de Somerset sejam cerca de 5.000.

Natural da Madeira, Diogo Rodrigues era ainda uma criança quando se mudou com a família para Londres, onde viveu antes de se instalarem na cidade costeira de Southend e abrirem um restaurante.

Foi professor de língua inglesa num orfanato no Camboja antes de se fixar em Bridgwater, tendo-se filiado no partido Trabalhista em 2011.

Em 2015, foi candidato nas eleições locais pela área de Dunwear North, tornando-se, então com 25 anos, no mais jovem vereador (town councillor) da cidade.

Entretanto, abriu o restaurante Skewer House (Casa das Espetadas, na tradução literal), o mesmo nome do restaurante da família, onde o prato principal é a tradicional espetada madeirense.

O trabalho de vereador, contou, é feito no tempo livre, centrando-se no pelouro da Juventude.

Um dos problemas locais é a falta de recursos para os centros de jovens, por isso houve um aumento de crime e comportamento anti-social. Quero usar o orçamento disponível para melhorar espaços e atividades para os jovens"

Dois anos depois de ter entrado em funções, foi empossado deputy mayor a 12 de maio, sendo número dois do mayor Graham Granter, que exerce o cargo pela terceira vez na autarquia local de Bridgwater.

Mayor é um posto sobretudo protocolar e de representação, mas sem influência na gestão executiva da autarquia, enquanto o deputy mayor tem como missão substituí-lo ou representá-lo na sua ausência.

No próximo ano, Diogo Rodrigues deverá ser promovido a mayor, o primeiro de origem estrangeira em Bridgwater, mas considerou que ser deputy mayor já é significativo.

Com a questão do Brexit é mais importante do que nunca ter pessoas de todo o tipo de comunidades e origens a defender as minorias. Sou um vereador português e estou lá para representar e defender estas pessoas que não estão bem representadas."

Além de Diogo Rodrigues, são conhecidos mais dois vereadores locais portugueses no Reino Unido que este ano também foram nomeados deputy mayor: Guilherme Rosa, em Lambeth, Londres, e Carlos Castro, em Crawley.