Um arrumador de carros encontrou um saco com cerca de sete mil euros em notas, na terça-feira, em Coimbra, e devolveu-o de forma a chegar ao dono, que o tinha deixado cair da mota que conduzia.

O episódio ocorreu na Rua da Alegria, junto ao edifício das Águas de Coimbra e do centro comercial Topázio, no centro da cidade, e é contado na edição desta quinta-feira do Jornal de Notícias (JN).

Edmundas Kersulis, de nacionalidade lituana, que costuma estar na área a trabalhar como arrumador, apanhou o saco que tinha caído de uma moto, abriu-o e levou-o ao café Olivença, que fica no centro comercial, sem retirar nada do interior.

Passados poucos minutos apareceu o dono do dinheiro, aflito, a perguntar se alguém o teria encontrado, contou ao JN o proprietário do estabelecimento.

Por coincidência, o dono do café, Carlos Pinto, até conhecia o homem a quem o dinheiro pertencia, que recompensou Kersulis com 25 euros e um casaco.

Carlos Pinto acredita que o dono do dinheiro ainda irá ajudar mais Kersulis, que chegou a Portugal há 15 anos. Desempregado, tem arrumado carros para sobreviver e ajudar a pagar a pensão onde vive.