O diretor geral da Saúde afirmou esta segunda-feira que a primeira exposição ao surto por legionella que está a afetar o concelho de Vila Franca de Xira é anterior ao dia 18 de outubro, tendo continuado durante a segunda quinzena do mesmo mês.

O que é a Legionella?

Francisco George adiantou que foram até ao momento identificados 200 casos e que todos estão relacionados com o concelho de Vila Franca de Xira.

Segundo o diretor geral da Saúde, alguns doentes nunca estiveram em fábricas nem em ambientes fechados e um deles foi infetado em casa, adiantou.

Francisco George disse que esta segunda-feira registaram-se mais casos, embora menos do que nos dias anteriores, existindo por isso uma desaceleração do número de doentes.

O diretor geral da Saúde revelou ainda que vai ser criada uma morada de correio eletrónico para responder a dúvidas e aconselhou a ida ao hospital no caso de sintomas.

Francisco George falava durante uma sessão de esclarecimento aos trabalhadores da empresa Adubos de Portugal, em Alverca do Ribatejo, uma das empresas que, por medida de precaução, desligou a torre de refrigeração. Nesta empresa, segundo disse o administrador da Adubos de Portugal, presente na sessão, foi registada «meia dúzia» de casos.