A Direção-Geral da Saúde atualizou, esta sexta-feira, o número de infetados com o vírus Zika em Portugal. De acordo com o comunicado, "o Instituto Ricardo Jorge notificou dois casos novos de Zika em cidadãos regressados do Brasil".

"Desta forma, em termos cumulativos, verificaram-se em Portugal, até ao momento, nove casos importados, dos quais oito do Brasil."

De acordo com a DGS "esta situação não eleva o nível de risco uma vez que esta doença só se transmite, em regra, por mosquitos de espécies que não estão identificadas em Portugal Continental."

O Zika é um vírus transmitido por mosquitos, inicialmente identificado no Uganda, em 1947. Posteriormente, foi  identificado em seres humanos, em 1952, no Uganda e na Tanzânia. Atualmente, têm-se registado surtos da doença nas Américas, África, Ásia e Pacífico. 

Está ainda a ser investigada a possível associação entre a infeção por vírus Zika e a microcefalia diagnosticada em fetos e recém-nascidos, bem como com a associação entre esta infeção e o síndrome de Guillain-Barré.