A GNR deteve dois homens, em Mirandela, suspeitos de cerca de 20 furtos a associações e juntas de freguesias do distrito de Bragança, que saíram em liberdade depois de ouvidos em tribunal, divulgou esta quinta-feira 
aquela força de segurança.

Os suspeitos, de 20 e 30 anos, foram apanhados em flagrante delito, na quarta-feira, na localidade de Cabanelas, concelho de Mirandela, quando se encontravam a furtar, com recurso a arrombamento, o edifício da junta de freguesia local, de acordo com informação do Comando Distrital.

A GNR suspeitou que se tratava dos «possíveis autores de furtos ocorridos recentemente em cerca de vinte edifícios de associações e juntas de freguesia do Distrito de Bragança e foram realizadas buscas domiciliarias a várias residências, onde se recuperaram vários artigos furtados», segundo ainda a fonte.

Os detidos foram presentes a primeiro interrogatório judicial e o Tribunal determinou que ficam a aguardar o desenrolar do processo em liberdade com a obrigação de apresentações quinzenais no posto da GNR de Mirandela como medida de coação.