A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quinta-feira a detenção de oito homens que alegadamente integravam uma associação criminosa que furtava caixas multibanco com recurso a explosão e que operava a partir da península de Setúbal por toda a costa vicentina.

Além dos oito homens, com idades entre os 22 e os 60 anos e de diferentes nacionalidades, a PJ apreendeu cinco cilindros carregados com gás explosivo, baterias, cabos elétricos, mangueiras, partes de caixas multibanco, oito armas de fogo, silenciadores, cinco automóveis, viaturas miras a laser e telescópicas, centenas de munições, telemóveis, entre outros objetos.

Os detidos vão ser hoje presentes a Tribunal para primeiro interrogatório judicial.

A operação foi realizada pela Unidade Nacional de Contra-Terrorismo (UNCT), no âmbito de inquéritos titulados pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP).