A GNR deteve esta semana, em todo o território nacional, 362 pessoas em flagrante delito, 244 das quais por conduzirem sob o efeito de álcool, e apreenderam 1.816 doses de haxixe e 619 de heroína.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a Guarda Nacional Republicana (GNR) revela que, durante a semana de 17 a 23 de julho, realizou um conjunto de operações que visaram a prevenção e o combate à criminalidade violenta e fiscalização rodoviária, entre outras.

No âmbito das detenções, aquela força de segurança revela que 70 pessoas foram detidas por conduzirem sem carta, 29 por tráfico de estupefacientes, dez por posse de armas proibidas e nove por furtos.

Quanto às apreensões, foram confiscadas ainda 88 doses de cocaína, 25 quilos de canábis, 30 armas de fogo, 22 armas brancas, 620 munições, 31 veículos e 17.545 euros em dinheiro.

Em relação ao trânsito, a GNR adianta que foram fiscalizados 26.802 condutores, registando 11.239 infrações, das quais se destacam 2.677 excessos de velocidade, em 137.541 controlos realizados, 618 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei.

Foram ainda fiscalizadas 246 pessoas por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças, 183 por falta de inspeção periódica obrigatória da viatura, 142 por uso indevido do telemóvel enquanto conduziam e 66 por falta de seguro, como aponta a Lusa.