A GNR deteve 236 pessoas em várias ações de fiscalização que realizou em todo o país durante o fim de semana, sendo a maioria automobilistas que conduziam com excesso de álcool, anunciou hoje a corporação.

As operações visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, e decorreram entre sexta-feira e domingo nos distritos de Aveiro, Açores, Beja, Braga, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Faro, Guarda, Leiria, Lisboa, Madeira, Portalegre, Porto, Viseu, Santarém, Setúbal, Viana do Castelo e Vila Real, adianta a GNR em comunicado.

Nas ações de fiscalização, a GNR deteve 236 pessoas em flagrante delito, 115 das quais por condução sob o efeito do álcool, 33 por condução sem habilitação legal, 31 por tráfico de droga, 10 por posse de armas proibidas, duas por furto, duas por roubo, uma por homicídio, duas por caça ilegal e 40 por outros crimes não especificados.

Segundo a GNR, foram também apreendidas cinco doses de cocaína, 123 doses de haxixe, 138 gramas de liamba, 11 plantas de canábis, 397,6 gramas de canábis, 198,9 gramas de MDMA, 1.044,2 gramas de anfetaminas e 44 comprimidos LSD.

Foram ainda apreendidas 13 armas de fogo, quatro armas brancas, duas soqueiras, dois sprays gás pimenta, uma televisão LCD, 15 espécies no âmbito da caça, um veículo ligeiro, um motociclo, um atrelado e 47 munições de diversos calibres.

A GNR elaborou 172 autos de notícia e 3.494 autos de contraordenação a legislação diversa.