A Guarda Nacional Republicana (GNR) anunciou hoje a detenção de 30 pessoas em flagrante delito, das quais 21 conduziam sob o efeito de álcool e outras sete por conduzir sem possuírem habilitação legal para tal.

Em comunicado, a GNR adianta que durante a atividade operacional diária, realizada em território nacional, entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, que visou a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, foram registados 89 acidentes que provocaram um morto, quatro feridos graves e 23 feridos ligeiros.

Das detenções, as autoridades destacam 21 por condução sob efeito de álcool, sete por condução sem habilitação legal e um por tráfico e consumo de droga, enquanto em matéria de apreensões, a GNR revela terem sido confiscadas 44 doses de haxixe.

Em relação ao trânsito, foram detetadas 452 infrações, 214 das quais por excesso de velocidade, 46 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei e 22 por uso indevido do telemóvel na condução.

Foram ainda registadas 12 infrações por falta de inspeção periódica obrigatória, seis por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório e 12 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças, além de sete infrações relacionadas com tacógrafos.