Mais de 10 milhões de doses de haxixe apreendidas e 133 detenções, a maioria por condução sob o efeito do álcool, é o resultado da atividade da GNR no fim de semana, segundo o relatório divulgado esta segunda-feira.

A GNR realizou várias operações em Aveiro, Braga, Beja, Coimbra, Évora, Faro, Leiria, Portalegre, Porto, Santarém, Setúbal, Viana do Castelo e Vila Real que visaram «a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária», entre outras.

Na sequência das várias operações, foram detidas 133 pessoas em flagrante delito, a maioria (87) por condução sob o efeito de álcool, adianta a GNR em comunicado.

Segundo a GNR, foram ainda detidas 18 por suspeita de tráfico de droga, 10 por condução sem habilitação legal, seis por crimes de «âmbito rodoviário», cinco por furto, uma por posse ilegal de armas e seis por outros crimes.

Foram elaborados 126 autos de notícia e 1.673 autos de contraordenação a legislação diversa.

A GNR destaca ainda a apreensão de mais de duas toneladas de haxixe, em Tavira, que dariam para 10.220.645 doses de haxixe, 34,8 gramas de liamba, três selos e 13 micro selos de LSD e 6,95 gramas de anfetaminas, 1,05 gramas de canábis, 8,2 gramas de MDMA e 13 sementes de canábis.

Foram ainda apreendidas sete armas de fogo, duas armas brancas, 1.110 euros em numerário, 93 munições de diversos calibres e um veículo ligeiro de passageiros.