A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta terça-feira a detenção de um homem de 43 anos, em Gouveia, suspeito da prática continuada dos crimes de atos sexuais com adolescentes, pornografia de menores e ameaça.

Segundo uma nota do Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda, o detido, com a profissão de ajudante de cozinha, encontrava-se foragido à justiça desde maio de 2013.

"Recaem fortes suspeitas da prática reiterada, durante aproximadamente quatro meses do ano de 2003, dos crimes de atos sexuais com adolescentes, pornografia de menores e ameaça de uma menor, à data dos factos com apenas 14 anos".


Os abusos “foram cometidos no interior de uma viatura automóvel e na residência do detido, após aliciamento da menor por meio de mensagens sms, seguido de constrangimento da mesma à prática de atos sexuais e de ameaças com mal importante em caso de denúncia ou de recusa de submissão àqueles mesmos atos", explica a PJ.

O detido foi presente ao tribunal judicial de Gouveia e ficou sujeito à medida de coação de apresentações semanais perante as autoridades policiais.