A Polícia Judiciária deteve um homem de 48 anos suspeito dos crimes de roubo e sequestro de um mariscador sob ameaça de arma de fogo, no Barreiro, distrito de Setúbal, foi esta quarta-feira anunciado.

Segundo um comunicado da PJ de Setúbal, trata-se do segundo homem detido pelo roubo de 4.000 euros a um mariscador do Barreiro, em agosto do ano passado.

O outro suspeito da prática dos mesmos crimes, com cerca de 30 anos, já tinha sido detido no passado mês de maio, estando a aguardar julgamento em prisão preventiva.

De acordo com a PJ, a vítima terá sido abordada numa zona frequentada por mariscadores a pretexto de um negócio de amêijoa, mas acabou por ser sequestrada sob ameaça de uma arma de fogo e transportada para a zona do Porto Alto (em Benavente, distrito de Santarém), tendo sido roubada e violentamente agredida durante o trajeto.

O detido já foi presente a primeiro interrogatório judicial e foi-lhe decretada a medida de coação de termo de identidade e residência.